BlogSITE RJP =CIDADEESPERANCA7 - A FOLHA DA REGIÃO - PORTAL ESPERANÇA DO VALLE : E APÓS!... Por Adão Lima de Souza

O RJP e o ENA COM VOCÊ NO WHATSAPP 74 9125 1777

AFR/RJP e o ENA COM VOCÊ NO WHATSAPP 74 9125 1777 - LIGUE PRÁ GENTE: 74988011251

E APÓS!... Por Adão Lima de Souza

E APOIS!

A militância lulopetista tem tentado aproximar Lula de Brizola, procurando, inclusive, resgatar a histórica rede de legalidade criada pelo político gaúcho para defender o mandato popular e democrático de Jango, como se agora se tratasse igualmente de defender a democracia contra aqueles que o PT chama hoje de golpistas, inimigos do povo.
Acontece que os tais golpistas são os velhos e nefastos aliados de Lula.cujas alcunhas são Temer, Sarney, Renan, Jucá, Barbalho, Cabral, Collor, dentre outros patifes de estirpe mais elevada.
Não, não se trata de situação igual porque nem Jango nem Brizola jamais poderão ser comparados a criminosos comuns como Lula e os figurões citados acima.
Lula nunca teve a honradez de Jango ou de Brizola.
E mais, o legado de Lula foi desmobilizar toda resistência política do país, a ponto de vê o governo da intrépida Dilma sucumbir, vítima de uma trama orquestrada na antessala do gabinete presidencial, pelos mesmos velhacos que davam sustentação aos governos petistas, enquanto o povo permanecia indiferente, apenas embalados pelos sons de panelas e enrolados nas insígnias da CBF igualmente corrupta.
A situação de Lula não se parece nada com a de Jango. E Brizola sempre foi um político que lutava pela emancipação do povo brasileiro, ao contrário de Lula que planejava se perpetuar no poder pela servidão de consciência imposta ao trabalhador brasileiro,desafortunado.
Hoje, se há alguém capaz de representar o legado de luta pela emancipação de nossa gente, honesta e bravamente  travada por Brizola no campo político, este se chama Ciro Gomes.
Ciro Gomes é brasileiro, corajoso, cônscio do poder transformador da educação e o único que pode criar uma ponte segura entre São Paulo e Sobral.
Ademais, Brizola abandonou o governo de Lula, ainda em 2003, porque o considerava um Conto-do-vigário do operariado.
Adão Lima de Souza, um qualquer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário