BlogSITE RJP =CIDADEESPERANCA7 - A FOLHA DA REGIÃO - PORTAL ESPERANÇA DO VALLE : Mulher quase morre fazendo algo que toda mulher faz, depilar as pernas. Entenda:

O RJP e o ENA COM VOCÊ NO WHATSAPP 74 9125 1777

AFR/RJP e o ENA COM VOCÊ NO WHATSAPP 74 9125 1777 - LIGUE PRÁ GENTE: 74988011251

Mulher quase morre fazendo algo que toda mulher faz, depilar as pernas. Entenda:

Mulher quase morre fazendo algo que toda mulher faz, depilar as pernas. 

A depilação feminina é algo que acontece frequentemente. Muitas mulheres não gostam de deixar os pelos crescer, e por isso, sempre procuram fazer a depilação em casa.

Dana Sedgewick, ex-chefe de cozinha de 44 anos estava com pressa, e por isso resolveu fazer ela própria sua depilação.

Mas, ao fazer isso acabou contraindo uma bactéria mortal que fez com que a região de suas pernas e virilha apodrecesse.

A mulher que mora em South Yokshire na Inglaterra, disse que usou uma lâmina nova, mas que, dias depois, percebeu que uma espinha tinha nascido em sua virilha e que sangrava muito.

Com os dias, ela começou a ter outros sintomas como náuseas e tonturas. Foi então que decidiu procurar um médico.

Mas, mesmo tomando alguns medicamentos dias depois, ela notou que suas pernas estavam com uma cor escura como de uma carne podre.

Levada às pressas para o hospital, ela iniciou um tratamento e descobriu que sua perna havia sido infectada por uma bactéria mortal. Os médico comunicaram que ela tinha apenas 30 por cento de chance de se recuperar, pois a paciente estava com sepse.

A Sra. Sedgewick disse: “Quando cheguei ao hospital, minhas pernas estavam cobertas de carne negra e apodrecendo.”

Durante as próximas dez horas, os cirurgiões lutaram para salvar suas pernas. Cortando sete polegadas de pele infectada, eles removeram a carne doente e retiraram a pele de suas costas, para completar as partes da perna.

Durante quatro anos, ela fez várias cirurgias de enxerto, para poder melhorar sua aparência física. Por sorte, ela conseguiu sobreviver a uma simples depilação, que quase levou sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário